A tecnologia vem se desenvolvendo rapidamente ao decorrer dos anos, e durante esse processo, muitos fatos curiosos ficaram marcados na história. Separamos algumas dessas curiosidades para que você fique por dentro dessas surpresas sobre os produtos tecnológicos e a indústria eletrônica.

A primeira fotografia demorou oito horas para ser registrada

Na brincadeira de estátua já é difícil ficar parado por alguns minutos, agora imagina ficar intacto por longas oito horas para tirar uma foto? Esse foi o tempo que demorou para a primeira câmera da história registrar sua primeira fotografia. 

O primeiro registro fotográfico foi feito em 1826, no qual captou a cidade de Le Gras, na França, vista de uma janela. Nesse ocorrido foram necessárias oito horas de exposição para que fosse registrado a imagem em uma placa de estanho de 20 x 16 cm. 

Já em 1839, a fotografia evoluiu drasticamente com o daguerreótipo, a primeira câmera que chegou às mãos do público. Esse objeto reduziu de oito horas para apenas 15 minutos o tempo necessário de exposição para conclusão do registro. Isso justifica o porquê de as fotos antigas trazerem as pessoas sérias e sentadas nas fotos.

Quem veio antes, o e-mail ou a internet?

É comum pensarmos que a internet veio primeiro que o e-mail, afinal usamos a rede virtual para enviarmos as mensagens atualmente, entretanto, nem sempre foi assim. O primeiro sistema de correio eletrônico foi criado em 1965 e tinha o nome de Mailbox. 

Esse aplicativo de mensagens ficava disponível em computadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), e o usuário que utilizasse a máquina poderia deixar uma mensagem escrita para um colega que fosse utilizá-la posteriormente. Bastava apenas realizar o login no computador que a mensagem estaria lá disponível. 

Já o e-mail tradicional como conhecemos hoje foi desenvolvido somente em 1971 pelo programador Ray Tomlinson. Foi ele quem criou o símbolo “@” e sua função de demonstrar o destino da mensagem enviada.

Posteriormente, em 1969, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos desenvolveu a Arpanet, primeiro protótipo da internet. Já bem após o primeiro e-mail, em 1991, surgiu a world wide web (www), apresentando uma internet tangível e navegável ao público por meio de páginas de hipertexto.

A senha determinada para o lançamento de mísseis nucleares nos EUA era 00000000

Estamos acostumados a ouvir sempre sobre a importância de utilizar senhas complexas e seguras, porém nem sempre esse conselho é seguido, como no caso da força aérea americana. 

Em 1962, durante a Guerra Fria, o presidente americano John Kennedy temia que comandantes do exército executassem ataques nucleares por conta própria. Devido a isso, foi implementado um sistema de segurança, uma senha de oito dígitos para o lançamento de mísseis.

Entretanto, essa possibilidade de disparo não teve a segurança de precaução levada tão a sério, e então os oficiais da força aérea determinaram a senha como 00000000 e ainda anotaram em um papel para não esquecer. 

A senha permaneceu a mesma durante 20 anos, e felizmente não ocorreu nenhum incidente.

A primeira página da web continua no ar

O primeiro passo da internet como conhecemos hoje foi dado no dia 6 de agosto de 1991, dia em que o britânico Tim Berners-Lee, cientista da computação, colocou no ar a primeira página da rede mundial de computadores

O endereço trouxe um breve sumário apresentando a world wide web, o que possibilitou que inimagináveis sites surgissem posteriormente, inclusive este que cá estamos. O endereço original continua no ar, podendo ser acessado por qualquer um que tenha curiosidade.

Um disco rígido de apenas 5 MB pesava uma tonelada

Se hoje em dia você carrega um celular com 32 GB de memória no bolso, antigamente a realidade era muito diferente. O primeiro computador que trouxe um disco rígido como conhecemos hoje foi o RAMAC, invenção da IBM em 1956. Essa foi uma das maiores inovações se tratando do armazenamento em massa, não é atoa que é utilizado até hoje. 

Entretanto, essa tecnologia não era nada prática. A primeira versão do RAMAC armazenava incríveis 5 MB, porém pesava mais de uma tonelada, algo inimaginável nos dias atuais em que um HD com 2 TB pesa menos de 500 gramas. O computador podia ser alugado por qualquer um que despertasse interesse, custando US$3.200 mensalmente.

O mascote do Mozilla Firefox é um panda

Parece loucura, mas sim, o mascote do navegador Mozilla Firefox não é uma raposa como o nome sugere. O símbolo na verdade se refere a um panda vermelho, mamífero que está em perigo de extinção. A confusão se deu na hora de desenhar a logo do programa, em que o designer não tinha um conhecimento aprofundado sobre o animal e acabou utilizando traços similares ao de uma raposa.