Internet para empresas: Saiba como escolher a melhor opção

Começar um negócio do zero é um baita desafio. Atentar-se aos pequenos detalhes, então, é uma das tarefas mais complicadas e que, às vezes, demanda bastante tempo. Pensando nisso, nós preparamos um conteúdo para ajudar em uma das diversas etapas: a conexão. Confira, nas linhas a seguir, dicas de como escolher a internet para a sua empresa.

Web: peça-chave de um negócio 

Se você chegou até aqui, já deve ter em mente informações como o espaço, a quantidade de funcionários e a tarefa que a empresa vai desempenhar, ou mesmo que já desempenha. 

Os fatores mencionados acima são imprescindíveis para escolher uma boa conexão, visto que eles determinam o tipo de rede e a quantidade de MEGA que deve ser selecionado no pacote de dados. Por isso, o planejamento é um dos elementos mais importantes na hora de fechar um plano. 

É preciso entender detalhes como o tipo de função que se deseja desempenhar com a ajuda da rede, seja no dia a dia ou em eventualidades. Outro quesito considerável é a amplitude do local e como essa conexão chega até lá (alguns tipos de internet não estão disponíveis em pontos muito afastados dos centros urbanos, por exemplo).

Além disso, após meses de distanciamento social em decorrência da pandemia de Covid-19, alguns hábitos se tornaram mais comuns neste novo rearranjo. As videoconferências são um exemplo. Dessa forma, uma empresa pode optar pelo formato presencial, mas também pode precisar de uma conexão reforçada para reuniões com alguns clientes, por exemplo. 

empresários fazendo videoconferência

Com essas informações em mãos, vale considerar alguns tópicos, como velocidade e tipos de rede. Veja os detalhes abaixo.

Tipos de internet

Via satélite

Essa opção deve contemplar lugares afastados do perímetro urbano, ou seja, em áreas rurais e afins. Diferentemente de grande parte das modalidades, a via satélite não usa fios – e, por isso, consegue chegar a lugares mais afastados. O modo de funcionamento dela precisa de apenas uma ferramenta: uma antena para receber o sinal de um satélite alocado na órbita da Terra. 

Cabo coaxial

A internet a cabo era uma modalidade bastante popular antes da rede wireless. Com o passar do tempo, ela foi substituída por roteadores e conexões sem fio. Apesar de ser recomendada para redes domésticas, ela é bastante indicada para quem precisa fazer downloads constantemente, visto que a transmissão de dados é mais eficaz do que via Wi-Fi. 

Via rádio

Assim como a internet via satélite, a via rádio costuma alcançar alguns locais mais afastados. Contudo, dessa vez, a conexão precisa de uma torre que transmita as ondas de radiofrequência para o local em que se deseja acessar a web. Assim, a conexão pode sofrer interferências caso haja prédios ou qualquer outra barreira física. 

Fibra óptica

A modalidade em questão se destaca entre as demais, tanto em termos de estabilidade, quanto no quesito velocidade (ela alcança os 50 Gb/s sem esforço). Indicada para uso doméstico e empresarial, ela se faz como uma alternativa viável, com a única ressalva para a disponibilidade. Mesmo contemplando diversos espaços, ainda existem algumas regiões que não contam com suporte para a tecnologia. 

cabos de internet fibra óptica

Velocidade ideal

Assim que decidir o tipo de internet, você automaticamente parte para outro tópico que pode deixar dúvidas, que é a velocidade contratada no plano de dados. Para isso, é preciso considerar, principalmente, as atividades diárias desempenhadas. Acompanhe: 

  • Pacote de 15 e 25 MB: indicado para quem precisa da web para pesquisas, downloads pontuais e leves, além de uso moderado de redes sociais;
  • Pacote de 50 a 100 MB: indicado para empresas que fazem videoconferências, acessam plataformas de streaming, atualizam sites e precisam de downloads de softwares;
  • Pacote de 200 a 300 MB: indicado para e-commerces e negócios que dependem do controle de sites, bem como aqueles que usam constantemente softwares e programas de câmeras.

Pacote empresarial

Se te resta dúvidas, a melhor opção é contatar uma equipe especializada no assunto. O importante é ter em mente que, independentemente das especificações, o ideal é buscar um pacote empresarial. 

Mesmo em negócios de pequeno porte, esse tipo de plano pode ajudar em termos de custo-benefício, suporte e velocidade. Agora que você já sabe tudo sobre internet para empresas, basta se planejar e escolher a melhor opção para o seu empreendimento!

Quer saber mais sobre a internet e o mundo conectado? Então acompanhe o blog da Explorernet e fique por dentro de dicas, novidades e todo o tipo de conteúdo para você e para os seus negócios. 

Fonte(s): 

Melhor Plano, TechTudo, Vivo Meu Negócio (1) e Vivo Meu Negócio (2).